Reitora discute situação do HU com Governo do Estado e Prefeitura

30/11/2015 10:50

Discutir a situação do Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago (HU) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e fazer a repactuação dos recursos repassados pelo estado e pelo município. Esse foi o objetivo da reunião realizada na última sexta-feira, 27, com a presença da reitora Roselane Neckel, do diretor-geral do HU, Carlos Alberto Justo da Silva, do governador do Estado de Santa Catarina, João Raimundo Colombo, e do prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Junior.

Em ofício entregue ao governador, a reitora da UFSC destacou a importância do apoio do Governo do Estado na recontratualização dos serviços prestados à Secretaria Estadual de Saúde diante do contingenciamento orçamentário do Governo Federal. “Esclarecemos que, sem este apoio ao HU, inevitavelmente as dificuldades impactarão as redes públicas de saúde municipal e estadual”, pontuou. O secretário-adjunto de Estado da Saúde de Santa Catarina, Murillo Ronald Capella, e o secretário Municipal de Saúde de Florianópolis, Carlos Daniel Moutinho Junior, também participaram da reunião.

Em análise do período compreendido entre janeiro de 2011 e setembro de 2015, a direção-geral do HU informou que os materiais de consumo corresponderam a mais de 50% do custo total operacional. “Temos a expectativa de que o governador possa fazer uma revisão do nosso contrato que nos possibilite recuperar a capacidade do hospital de atender suas demandas, tanto do ponto de vista de material quanto de pessoal”, disse Justo. “O governador e o prefeito mostraram-se bastante sensíveis as nossas demandas”, afirmou a reitora. Além de questões legais que estão sendo discutidas com os órgãos de controle, recursos financeiros são fundamentais para manutenção dos fundacionais no HU, explicou.

Bruna Bertoldi Gonçalves / Jornalista / Diretoria-Geral de Comunicação / UFSC / imprensa.gr@contato.ufsc.br