Blog da Gestão
  • Relatório de Gestão 2012/2016

    Publicado em 10/05/2016 às 17:21

    As reitoras Roselane Neckel e Lúcia Helena Martins Pacheco divulgaram nesta terça-feira, 10 de maio, o Relatório de Gestão 2012-2016. Confira aqui.


  • Conselho Universitário se posiciona em defesa dos princípios republicanos

    Publicado em 12/04/2016 às 18:47

    Em reunião extraordinária na tarde desta terça-feira, 12 de abril, o Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou nota de apoio e defesa à democracia. Segue o texto:

    “O Conselho Universitário (CUn) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), reunido no dia 12 de abril de 2016, manifesta preocupação com o agravamento da crise política e econômica no país e suas ameaças à ordem constitucional e aos direitos civis, políticos e sociais do povo brasileiro.

    De igual maneira, reprova o uso de interpretações políticas parciais em substituição aos preceitos constitucionais que, necessariamente, devem fundamentar qualquer processo, sem ignorar os princípios característicos de Estado Democrático de Direito.

    A comunidade universitária, pautada pelo rigor científico, a criatividade acadêmica, a liberdade de pensamento e a pluralidade de ideias, está comprometida com o fortalecimento das instituições públicas, em defesa da democracia, da justiça social e da paz.

    Os cortes contínuos e significativos no orçamento destinado à Educação e às Universidades – com consequentes prejuízos à qualidade de ensino, pesquisa e extensão, e que acarretam graves problemas de custeio, pessoal e infraestrutura – não devem permanecer.

    Expressamos, ainda, nossa expectativa por rigorosa apuração de todas as denúncias de corrupção e defendemos, intransigentemente, os princípios republicanos presentes na Constituição Federal.”


  • Programa de Apoio Pedagógico: aula aberta aos alunos da graduação

    Publicado em 08/04/2016 às 20:59

    O Programa Institucional de Apoio Pedagógico da UFSC realiza aula aberta a todos os estudantes da graduação, na terça-feira, 12 de abril, das 18h às 20h, no Espaço Físico Integrado (EFI).
    Serão abordados os seguintes temas:

    - Apresentação do Piape e dos conteúdos ofertados;
    - Conceitos básicos de cálculo;
    - Macetes do escalonamento (Geometria Analítica).

    Lotação máxima: 50 participantes.

    Mais informações e inscrições no site http://apoiopedagogico.prograd.ufsc.br/


  • Diretor e Vice do Campus Blumenau assumem para mandato até o final do ano

    Publicado em 04/04/2016 às 9:07

    O novo diretor do Campus BlumenauJoão Luiz Martins, e a vice, Ana Julia Dal Forno, tomaram posse de seus cargos na última sexta-feira. A cerimônia, com presença da reitora Roselane Neckel e da vice Lúcia Pacheco, marcou ainda o descerramento da placa da sede acadêmica. A futura vice-reitora, Alacoque Erdmann, também compareceu à ocasião.

    O mandato de Martins e Dal Forno vai até dezembro de 2016, quando todos os campus realizam escolhas para a Diretoria. Os dois formaram chapa única, escolhida em consulta popular realizada no dia 22 de março. A ideia, explica a nova vice-diretora é deixar um planejamento de foram colaborativa, com consultas a todos os setores. “A gente tem três metas principais: garantir que a avaliação do MEC reconheça a qualidade dos cursos, discutir com a comunidade o melhor local para a sede definitiva do Centro e melhorar os processos internos”, explica. Martins já foi reitor da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) e presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).


  • UFSC Sustentável lança campanha para redução de consumo

    Publicado em 04/04/2016 às 9:00

    Após os bons resultados com a implantação do novo horário de verão na UFSC, que resultou em economia de R$ 132.895,06 (cerca de 5% em relação ao modelo de horário de verão antigo), a UFSC lança nesta segunda-feira, 4 de abril, a campanha “Reduzir o Consumo é Transformar o Mundo”, incentivando a comunidade universitária a continuar gastando menos energia elétrica durante todo o ano.

    A campanha integra o UFSC Sustentável, programa desenvolvido pela Comissão Permanente de Sustentabilidade da UFSC, juntamente com a Coordenadoria de Gestão Ambiental, para promover a adoção de ações de sustentabilidade. O objetivo é fomentar a economia de recursos como energia, água, copos plásticos, materiais de expediente, entre outros, com o primeiro eixo da campanha centrado na redução do consumo de energia elétrica.

    Vídeos, banners para redes sociais e peças gráficas, protagonizadas por estudantes, professores e técnicos, mostram situações comuns a todos em salas de aula, laboratórios e outros espaços da UFSC. Entre as dicas para economizar estão priorizar, sempre que possível, a iluminação e a ventilação natural e manter a temperatura do ar condicionado em 23°C. adesivos-01

    CARTAZ-03A UFSC gasta anualmente cerca de R$ 18 milhões com energia elétrica e consome 31.205.492 KwH, equivalente a uma cidade de 40 mil habitantes. De acordo com o seu Plano de Logística Sustentável (PLS), o consumo de energia deve ser diminuído em 5% por metro quadrado construído. Uma das principais formas de atingir essa meta é através da redução do desperdício, que representa 40% do consumo em prédios públicos.

    Programa UFSC Sustentável

    O UFSC Sustentável visa promover a sustentabilidade na Universidade em seus diversos âmbitos e atuações, da esfera administrativa ao ensino, pesquisa e extensão, incorporando-a em suas práticas cotidianas, através de uma mudança de cultura organizacional.  Também tem como objetivo integrar e reunir todas as iniciativas do gênero na UFSC.

    Os resultados esperados são reduzir o impacto ambiental da UFSC, preservar e economizar os recursos naturais, promover a preservação do meio ambiente, disseminar e promover a sustentabilidade na gestão, ensino, pesquisa e extensão.

    O  UFSC Sustentável agregará projetos/ações com as mais diversas temáticas, como eficiência energética, redução da utilização de recursos, gestão de resíduos, preservação das áreas verdes e fauna, licitações, contratações e construções sustentáveis, educação e sensibilização ambiental, qualidade de vida, conservação e preservação da natureza, incentivo a cursos que envolvam a temática da sustentabilidade,  entre outros.

    Mais informações pelo e-mail 

    Horário de verão

    A Universidade Federal de Santa Catarina estabeleceu horário de verão diferenciado em relação ao antigo padrão dos anos anteriores: ao invés de manter o tradicional horário (de segunda a quinta-feira expediente das 13 às 19h; na sexta-feira, das 7h às 13h), a administração optou por manter o período de trabalho das 7h30h às 13h30, de segunda a sexta-feira, de 15 de dezembro a 29 de fevereiro.

    De acordo com relatório elaborado pela Coordenadoria de Planejamento (COPLAN), a redução no consumo foi significativa: nas unidades estritamente administrativas a economia percentual percebida foi maior – na Prefeitura Universitária, por exemplo, a redução foi de cerca de 32% em relação aos custos do horário de verão anterior.


  • UFSC recebe embaixador da Tailândia

    Publicado em 21/03/2016 às 12:52
    Administração Central da UFSC recebe comitiva da Tailândia e realiza reunião de prospecção para áreas de cooperação científica. Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC

    Administração Central da UFSC recebe comitiva da Tailândia. Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC

    A vice-reitora Lúcia Helena Martins Pacheco recebeu uma visita de cortesia do embaixador da Tailândia no Brasil, Pitchayaphant Charnbhumidol, e de sua comitiva na manhã desta segunda-feira, 21, em Florianópolis. A autoridade retornará à Tailândia no final do mês e deve apresentar as áreas de expertise da UFSC a universidades do país. Entre elas, Engenharias Mecânica, Aeroespacial, Civil, Elétrica, Química e Têxtil, Nanotecnologia, Energia, Petróleo e Gás e Agricultura Familiar.

    De acordo com o secretário de relações internacionais da UFSC, Aguinaldo Roberto Pinto, há a possibilidade de haver uma cooperação que envolva mobilidade de estudantes, professores e técnicos, com desenvolvimento de projetos de pesquisa em conjunto. A reunião de prospecção para áreas de cooperação científica e intercâmbio acadêmico-cultural contou com a presença do pró-reitor de pesquisa, Jamil Assreuy Filho, e do primeiro-secretário da Embaixada, Kosin Phonmang. Em sua primeira visita oficial a Santa Catarina, o embaixador Pitchayaphant participará também de audiências com representantes de instituições governamentais e da sociedade civil organizada.

     


  • Construtora retoma obras do Instituto de Engenharias de Superfície

    Publicado em 15/03/2016 às 11:55

    A segunda etapa da obra do Instituto de Engenharias de Superfície, que estava paralisada desde janeiro de 2013, recomeçou no dia 29 de fevereiro e está em andamento. O canteiro © Pipo Quint / Agecom / UFSCde obras está sendo preparado para descarga de material e para garantir a segurança dos trabalhadores e da comunidade universitária. Os trabalhos serão realizados pela construtora Salver, a mesma que executou a primeira parte da obra. A empresa foi a vencedora da licitação aberta pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que é a responsável pelo gerenciamento dos recursos liberados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A obra está orçada em cerca de R$ 2,9 milhões e tem prazo de conclusão de 300 dias, com conclusão prevista para dezembro de 2016. O término do convênio com a Finep acontece em fevereiro de 2017.

    “Esta boa notícia é resultado do trabalho muito intenso de nossa equipe que conseguiu resolver todas as pendências, encontrando soluções que viabilizaram o reinício da obra”, comemora a reitora Roselane Neckel. Quando o prédio estiver pronto, mais de 150 pesquisadores trabalharão no local e haverá espaços para atividades de interação e transferência de tecnologia para o setor produtivo. O custo total da edificação será de R$ 5.859.147,09.
    Continue a leitura » »


  • Conheça Juliana Kumbartzki Ferreira, a nova secretária adjunta da SINTER

    Publicado em 07/03/2016 às 15:45

    PerfilUFSCpeqDe olhar confiante, Juliana responde à pergunta sobre suas expectativas com a nova função: “Me sinto desafiada e estimulada.” Na manhã do dia 1º de março, a técnica em assuntos educacionais tomou posse como secretária adjunta da Secretaria de Relações Internacionais (SINTER) da UFSC. A partir de então, passará a representar a Universidade em eventos no País e no exterior.

    © Pipo Quint / Agecom / UFSC

    Juliana Kumbartzki Ferreira e a reitora Roselane Neckel durante a posse de Juliana como nova secretária adjunta da SINTER. (Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC)

    Nativa e residente de Florianópolis, a relação de Juliana com a Universidade já é de longa data. Iniciou sua carreira na UFSC graduando-se no curso de Letras-Inglês e estendendo sua formação acadêmica com mestrado em Linguística Aplicada no mesmo idioma. Após atuar como professora e diretora na iniciativa privada por quatorze anos, ingressou na Universidade em 2006, inicialmente alocada ao setor de Pediatria do Hospital Universitário (HU). “Foi ao acaso, sem entrevistas. Ninguém viu minha especialização na área (internacional),” ri Juliana. Logo, pediu transferência para SINTER, pedido atendido um ano e meio depois.

    Uma vez realocada, passou a ocupar a função de coordenadora institucional, conciliando administração com educação. “É uma área maravilhosa, uma nova paixão, e que pretendo me especializar no doutorado,” conta. Na SINTER, passou a coordenar as atividades do Ciência Sem Fronteiras, PEC-G, Pró Haiti e dos novos programas Erasmus dentro da Universidade. Dessa forma, Juliana uniu sua paixão ao idioma inglês com a tarefa de ampliar os horizontes dos alunos. Estas tarefas a prepararam para, em março, ocupar seu cargo atual de gestão.

    Representar o programa de intercâmbio nos mais diversos lugares ensinou a Juliana o que era uma universidade internacionalizada – e o quanto isso fazia a diferença para o ambiente acadêmico. Em experiências anteriores, Juliana também diz ter visto inúmeros alunos de programas estrangeiros voltarem ao Brasil para ocupar cargos de sucesso, fazendo a diferença em seus países.

    Quando questionada sobre a maior lição que aprendeu dentro de sua experiência na SINTER, Juliana responde rápido: “Receber bem outras culturas. Isso amplia os horizontes dos alunos, fortalece as relações e leva os projetos ainda mais além”.

     

    Gabriel Daros Lourenço
    Estagiário/Diretoria-Geral de Comunicação/UFSC
    imprensa.gr@ufsc.br


  • CCE inaugura novo bloco de salas de aula e laboratórios para os cursos de Artes Cênicas, Cinema e Design

    Publicado em 02/03/2016 às 8:35

    Uma cerimônia realizada com a presença das reitoras, pró-reitores, diretores de centro, chefes de departamento, coordenadores de curso, docentes, técnicos e  estudantes na manhã da última segunda-feira, 29 de fevereiro, em Florianópolis, marcou a inauguração do bloco D do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O edifício de oito andares abrigará salas de aula e laboratórios dos cursos de Artes Cênicas, Cinema e Design.

    O prédio de 4.611,69 m² localizado atrás do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM) começou a ser construído no primeiro semestre de 2013. Os cinco primeiros andares serão © Pipo Quint / Agecom / UFSCcompostos de estúdios, sete salas de aula e cinco laboratórios; as secretarias, departamentos e coordenações de curso serão abrigados no sexto andar; e, no sétimo e oitavo andares ficarão os 32 gabinetes de professores. De acordo com o Departamento de Fiscalização de Obras (DFO) da Universidade, o investimento foi da ordem de R$ 13 milhões, com recursos do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) e de negociações realizadas com o Ministério da Educação (MEC).

    A reitora Roselane Neckel agradeceu à equipe do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE), à do DFO – estes, setores vinculados à Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan) da Universidade – e à da empresa Salver Construtora e Incorporadora Ltda, que executou a obra. “Este campus era um pantanal, como diz o nome do bairro. O CCE foi o primeiro prédio da UFSC a ser construído no campus da Trindade. O CCE tem uma forte história, que representa para a UFSC as diferentes formas de pensamento e cursos inovadores.” De acordo com a reitora, há um projeto de construção de um prédio espelho ao bloco D, para uso do curso de Libras, modalidades presencial e a distância.

    De acordo com o diretor do DFO, Rodrigo Bossle Fagundes, o bloco D do CCE é a quarta obra de maior porte em execução na UFSC. “Ela só ‘perde’ para a obra dos blocos E, F e do anexo E do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH); a do bloco 2 de salas de aula e laboratórios, em Curitibanos; e a dos blocos E, F, G, H e subestação do Centro de Ciências Biológicas (CCB), que é a maior de todas”, afirmou. É um prédio diferenciado, não são salas de aula comuns. O piso é de madeira e elevado para reduzir o impacto, há isolamento acústico. São dois grandes laboratórios, estúdios e cinema”, informou a arquiteta e urbanista do DPAE que acompanhou o contrato, Leila da Silva Cardozo.

    A reitora Roselane Neckel, o diretor do CCE, Felício Wessling Margotti, o vice-diretor do CCE, Arnoldo Debatin Neto, o diretor do DPAE, Elias Sebastião Andrade, e a arquiteta e urbanista do DPAE, Leila da Silva Cardozo, participaram do descerramento da placa de inauguração do Bloco D.

    A reitora Roselane Neckel; o diretor do CCE, Felício Wessling Margotti; o vice-diretor do CCE, Arnoldo Debatin Neto; o diretor do DPAE, Elias Sebastião Andrade; e a arquiteta e urbanista do DPAE, Leila da Silva Cardozo, participaram do descerramento da placa de inauguração do bloco D.

    O estúdio de Cinema conta com infraestrutura necessária para pequenas produções. O prédio possui estúdio para gravação de áudio, laboratório de fotografia com sala de revelação, salas de criação, de montagem e de projeção de filmes, além de duas midiatecas. “É um cinema para cerca de 40 pessoas”, complementou Leila. O laboratório de Artes Cênicas possibilitará a montagem de diferentes configurações de palco e conta com passarela, sala de controle, camarim, estúdio, depósitos, sanitários e vestiário.

    “Hoje é um dia muito feliz para todos nós do CCE. Entre 2008 e 2010, foram criados cursos que funcionaram precariamente nesse período. Esses cursos, espero, passarão a ter melhores condições em um prédio moderno, bonito, bem-construído, concebido dentro das normas de segurança. Gostaria de expressar a nossa sincera gratidão a todos aqueles que, no âmbito de suas atribuições, contribuíram para essa obra”, afirmou o diretor do CCE, Felício Wessling Margotti.

    O vice-diretor do CCE e presidente da Comissão de Planejamento de Espaço Físico do CCE, Arnoldo Debatin Neto, agradeceu a todos com quem trabalhou durante o período de projeto e execução da obra. “Hoje recebemos um prédio com vários espaços; mas há mais do que o material, também existe um forte simbolismo na materialização do objetivo da UFSC em efetivar o apoio às artes, aqui representadas por Cinema e Artes Cênicas. Os cursos de Design e Libras também terão áreas de apoio às suas atividades. Todos esses cursos possuem aqui áreas acadêmicas, administrativas e gabinetes docentes.”

    A vice-reitora Lúcia Helena Martins Pacheco agradeceu a todos o empenho na execução dos serviços. “Foi um grande desafio. Em maio de 2012, quando assumimos, priorizamos este e outros prédios. Estamos no começo de 2016, concluindo com todo este êxito. É um espaço acadêmico para cursos novos. Desejo que desfrutem dos resultados, tanto na forma de produção científica como na formação acadêmica dos nossos estudantes”, afirmou.

    Bruna Bertoldi Gonçalves / Jornalista / DGC / UFSC / imprensa.gr@contato.ufsc.br

    Fotos: Pipo Quint / Fotógrafo / Agecom / DGC / UFSC


  • UFSC desenvolve ações de prevenção à dengue

    Publicado em 26/02/2016 às 11:19

    Cartazes fixados pelos centros de ensino, capacitação de técnicos e inspeções nas unidades são algumas das ações empreendidas pela Comissão de Prevenção à Dengue para neutralizar e prevenir focos de proliferação do mosquito na UFSC. A equipe ofereceu capacitação sobre o assunto a 14 administradores de edifícios da Universidade em dezembro do ano passado em Florianópolis. O Centro de Ensino de Joinville foi contemplado no início deste ano. Os técnicos receberam uma planilha para registro de inspeções semanais nas Unidades.

    Em março, representantes da comissão ministrarão treinamentos nos centros de ensino de Araranguá, Blumenau e Curitibanos. Cartazes e informativos foram encaminhados para divulgação. A comissão, vinculada à Coordenadoria de Gestão Ambiental da Universidade, foi instituída pela Portaria nº 1829/2015/GR/UFSC com o objetivo de elaborar e implementar o Plano de Prevenção da Dengue e Controle de Vetores na UFSC. O grupo foi formado após notificação de focos do mosquito Aedes aegypti no Campus Universitário Reitor João David Ferreira Lima, na Trindade, pela Vigilância Sanitária de Florianópolis.

    De acordo com o professor do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (MIP) do Centro de Ciências Biológicas (CCB) e presidente da comissão, Carlos José de Carvalho Pinto, foram adotadas as medidas necessárias para sanar o problema. “A comissão trabalha na disseminação de informações sobre o controle do mosquito transmissor, vistoria das unidades universitárias para detecção de possíveis focos do vetor e é responsável também pela verificação de denúncias da comunidade universitária e tentativa de resolvê-las”, informa.
    Continue a leitura » »