Diretor e Vice do Campus Blumenau assumem para mandato até o final do ano

04/04/2016 09:07

O novo diretor do Campus BlumenauJoão Luiz Martins, e a vice, Ana Julia Dal Forno, tomaram posse de seus cargos na última sexta-feira. A cerimônia, com presença da reitora Roselane Neckel e da vice Lúcia Pacheco, marcou ainda o descerramento da placa da sede acadêmica. A futura vice-reitora, Alacoque Erdmann, também compareceu à ocasião.

O mandato de Martins e Dal Forno vai até dezembro de 2016, quando todos os campus realizam escolhas para a Diretoria. Os dois formaram chapa única, escolhida em consulta popular realizada no dia 22 de março. A ideia, explica a nova vice-diretora é deixar um planejamento de foram colaborativa, com consultas a todos os setores. “A gente tem três metas principais: garantir que a avaliação do MEC reconheça a qualidade dos cursos, discutir com a comunidade o melhor local para a sede definitiva do Centro e melhorar os processos internos”, explica. Martins já foi reitor da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) e presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Conheça Adriano Lima, novo diretor do Departamento de Projetos, Contratos e Convênios da UFSC

22/04/2013 12:14

Em meio a pilhas de papéis, pastas cheias de documentos e telefones tocando o tempo todo, Adriano Lima realiza suas primeiras tarefas como novo diretor do Departamento de Projetos, Contratos e Convênios (DPC) da Pró-Reitoria de Administração (PROAD). O servidor técnico é graduado e mestre em Filosofia pela UFSC, foi professor de inglês por onze anos e começou sua carreira na Universidade por acaso, quando uma colega de trabalho, hoje sua esposa, insistiu para que ele fizesse o concurso que acabara de ser aberto.

Adriano Lima, diretor do Departamento de Projetos, Contratos e Convênios (DPC) da Pró-Reitoria de Administração (Proad).
Foto: Henrique Almeida/Agecom/UFSC

Adriano Lima assumiu o cargo de diretor do DPC no dia 1º de abril deste ano e diz estar muito feliz com sua conquista. Ele conta que, durante sua graduação em Filosofia, se imaginava trabalhando no meio acadêmico, como docente. Trabalhou por onze anos como professor de inglês, mas descobriu que não era bem isso que queria: “Eu estava procurando um novo emprego e apareceu esse concurso, que na verdade eu não tinha pretensão nenhuma em fazer. Mas aí a Luciana, minha esposa, que era apenas minha colega na época, me convenceu, e eu posso dizer que hoje em dia eu estou muito satisfeito. Foi uma escolha bem acertada.”

Seu primeiro trabalho dentro da Universidade foi na Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), em 2008, na área de contratos de concessão. Lima pretende aproveitar sua experiência nesse setor para otimizar a tramitação de contratos entre os diversos departamentos da instituição, melhorar a comunicação entre coordenadorias e evitar que serviços essenciais da UFSC sejam afetados pelo mau andamento dos processos contratuais.

O novo diretor acredita que seu maior desafio na gestão será estruturar o DPC, que foi criado há menos de um ano. “Como o Departamento é muito novo, a minha prioridade é resolver as pendências para que tudo funcione corretamente e de forma harmônica”, diz. “Acho que devemos buscar fazer sempre o melhor; existem sempre formas de melhorar as coisas, mesmo as que já dão certo”.

Gabriela Dequech Machado
Estagiária na Assessoria de Imprensa do Gabinete da Reitoria – UFSC

Conheça Leandro Machnicki, novo diretor de Patrimônio da UFSC

11/04/2013 12:36

Em menos de uma semana como diretor, Leandro Machnicki já sabe que os desafios e obstáculos de chefiar o Departamento de Gestão Patrimonial (DGP) da Pró-Reitoria de Administração (PROAD) serão enormes. Graduado em Design, Machnicki trabalhou na administração de empresas privadas, morou em mais de dez países e está terminando a especialização em Gestão do Design. Acredita que o trabalho em equipe é fundamental para uma boa gestão e pretende utilizar a criatividade e a metodologia herdada do Design para inovar em seu novo cargo.

Leandro Machnicki começou a trabalhar na UFSC em 2011, como assistente em Administração, no mesmo departamento onde hoje é diretor. Agora, seu primeiro desafio como diretor do DGP é elaborar um planejamento estratégico para definir metas e objetivos que serão conquistados a longo prazo. O novo diretor do Departamento de Gestão Patrimonial acredita que “não se fazem grandes mudanças em grandes passos; elas devem ser feitas em pequenas etapas”.

Leandro Machnicki, novo diretor de Patrimônio da UFSC

Uma dessas etapas é a descentralização da gestão de bens, que envolve a capacitação dos agentes patrimoniais de departamentos dentro do campus de Florianópolis e a autonomização dos campi de Joinville, Araranguá e Curitibanos. Até o final deste ano, o diretor pretende concluir aproximadamente 40% do inventário do patrimônio atual da UFSC.

Leandro Machnicki pretende dar maior flexibilidade à sua equipe e reestruturar as funções, para que todos tenham o melhor desempenho possível. Outro passo importante será documentar os processos existentes no Departamento, de modo que os conhecimentos adquiridos estejam sempre disponíveis e possam ser aprendidos e aplicados. O novo diretor do DGP afirma que vai fazer tudo que puder para alcançar seus objetivos de forma dinâmica e criativa.

Gabriela Dequech Machado
Estagiária na Assessoria de Imprensa do Gabinete da Reitoria – UFSC

Nova direção do campus de Joinville assume com o compromisso de criar regimento interno

04/03/2013 21:30

A diretora acadêmica, Suelí Fischer Beckert, e o diretor geral, Luís Fernando Peres Calil, recebem as portarias da reitora Roselane Neckel. Foto: Henrique Almeida / Agecom / UFSC.

Em uma cerimônia realizada na manhã desta sexta-feira, 1º de março, a reitora da Universidade Federal de Santa Catarina, Roselane Neckel, deu posse ao novo diretor geral do Campus Joinville, Luís Fernando Peres Calil, e à diretora acadêmica, Suelí Fischer Beckert. Ambos são professores do Centro de Engenharia da Mobilidade (CEM). Os novos diretores assumem com a missão de criar o regimento interno, que será a base para o reconhecimento formal do campus na estrutura da Universidade. A solenidade aconteceu no auditório do campus da UFSC em Joinville.

Em seu discurso de posse, o novo diretor geral listou cinco ações prioritárias. Além de regimentar o campus, sua gestão buscará estabelecer a pós-graduação, consolidar o corpo docente, aproximar a UFSC da indústria local e implementar o campus que está em fase de construção. “Nos próximos meses vamos passar por uma reestruturação administrativa e pedagógica, e também concluir os laboratórios de grande porte, como a pista de teste e o túnel de vento”, afirma o professor Calil.

Já a nova diretora acadêmica deve iniciar suas atividades promovendo a revisão dos projetos pedagógicos dos cursos (PPCs). Outra prioridade é fazer a integração dos 58 novos professores, que serão contratados por meio do concurso lançado também nesta sexta-feira e que oferece 205 vagas no total. Atualmente a equipe de docentes do Campus Joinville é formada por 35 professores efetivos e nove temporários. Com o apoio de 20 servidores técnico-administrativos, a equipe é responsável pela formação dos 1.270 estudantes matriculados.

A reitora Roselane Neckel agradeceu aos diretores que deixam o cargo, Acires DiasÁlvaro Lezana, e também ao professor Antônio Marcon e Hazim Ali Al-Qureshi. “Em todos os diálogos, vocês mostraram a importância do trabalho que estamos fazendo para o Brasil, para Santa Catarina e para Joinville”, afirmou.

Para a reitora, este trabalho serve como referência a outros espaços do mundo. “As ideias construídas aqui podem solucionar problemas de países que têm realidade semelhante à do Brasil”, afirma a reitora. “Nosso objetivo é consolidar Joinville como um polo educacional de Santa Catarina e como uma referência para o mundo”, completa. Em recente reunião junto ao MEC, a reitora conseguiu obter o comprometimento de que o ministério irá viabilizar as negociações com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para resolver o acesso viário ao novo campus, localizado às margens da BR 101.

O campus da UFSC em Joinville foi inaugurado em agosto de 2009, como parte do Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais Brasileiras (Reuni). À frente do projeto estavam o professor Acires, como diretor geral, o professor Lezana, como diretor acadêmico, o arquiteto Francisco Alexandre Sommer Martins, que permanece no cargo de diretor administrativo, e o professor Antônio Marcon. Para os diretores que assumem, o professor Acires desejou que suas lideranças harmonizem a boa energia que emana dos servidores, alunos e da comunidade de Joinville.

Com o apoio de diferentes setores da UFSC, a equipe construiu o projeto pedagógico, buscou soluções para o desafio do crescimento do número de alunos e o déficit das instalações físicas, além de ter iniciado e consolidado as obras do campus. Atualmente o Bloco 1, destinado a salas de aula, está com os quatro pavimentos estruturados. Ao lado, o terreno já está preparado para receber o Bloco 2 (prédio dos professores), cujo estaqueamento está previsto para iniciar na próxima semana.

Veja aqui outras fotos da cerimônia.

Laura Tuyama / Jornalista da Agecom / UFSC
Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher.