Construtora retoma obras do Instituto de Engenharias de Superfície

15/03/2016 11:55

A segunda etapa da obra do Instituto de Engenharias de Superfície, que estava paralisada desde janeiro de 2013, recomeçou no dia 29 de fevereiro e está em andamento. O canteiro © Pipo Quint / Agecom / UFSCde obras está sendo preparado para descarga de material e para garantir a segurança dos trabalhadores e da comunidade universitária. Os trabalhos serão realizados pela construtora Salver, a mesma que executou a primeira parte da obra. A empresa foi a vencedora da licitação aberta pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que é a responsável pelo gerenciamento dos recursos liberados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A obra está orçada em cerca de R$ 2,9 milhões e tem prazo de conclusão de 300 dias, com conclusão prevista para dezembro de 2016. O término do convênio com a Finep acontece em fevereiro de 2017.

“Esta boa notícia é resultado do trabalho muito intenso de nossa equipe que conseguiu resolver todas as pendências, encontrando soluções que viabilizaram o reinício da obra”, comemora a reitora Roselane Neckel. Quando o prédio estiver pronto, mais de 150 pesquisadores trabalharão no local e haverá espaços para atividades de interação e transferência de tecnologia para o setor produtivo. O custo total da edificação será de R$ 5.859.147,09.
(more…)

Tags: CT-InfraFAPEUFINEPInstituto de Engenharias de SuperfícieobrasPropesqUFSC

Campus Curitibanos começa 2015 com obras

30/01/2015 10:30

Aqueles que passam pelo campus da UFSC em Curitibanos neste início de ano podem perceber a movimentação dos canteiros de obras no local. Os trabalhos são para a construção do Bloco 2 de Salas de Aula e Laboratórios (CBS-02); para o cercamento do campus e para a reforma do Centro de Educação Profissionalizante (Cedup), que receberá os laboratórios de Anatomia Animal e de Patologia Veterinária. As obras começaram na primeira quinzena deste mês.

“Essas estruturas são importantes para o futuro do campus. Vamos ter a ampliação física, com o prédio CBS02, e a reforma do Cedup, oportunizando mais qualidade aos cursos. Há a nossa preocupação não só com a parte técnica e de infraestrutura, mas com a motivação para os próprios estudantes”, explica o diretor acadêmicodo Campus Curitibanos, Juliano Gil Nunes Wendt. De acordo com o diretor de Gestão Orçamentária da Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) da UFSC, Otávio Vanderlei Berlanda, as três obras contam com recursos do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), do Governo Federal.

Construção do Bloco CBS-02

A construção de mais de 9.000,00 m² deverá abrigar 29 laboratórios, 13 salas de aulas, 51 salas de professores, 14 salas técnicas, três salas de reuniões, um herbário, uma sala de

Imagem em 3D do projeto do Bloco CBS-02.

Imagem do projeto do Bloco CBS-02 elaborado pelo DPAE.

apoio, uma sala de bolsistas, um almoxarifado, uma sala de técnicos, uma sala do centro acadêmico, além deu ma central de autoclaves e quatro elevadores. A previsão é de que o Bloco CBS-02 esteja concluído até 26 de agosto de 2016. O espaço será utilizado pelos cursos de Engenharia Florestal, Agronomia e Medicina Veterinária.

O prazo para conclusão da obra, licitada por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), é de 600 dias. A modalidade de licitação foi implantada na Universidade em julho de 2013 e possibilita maior celeridade na contratação de obras e serviços de engenharia. De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização de Obras (DFO) da Universidade, Rodrigo Bossle Fagundes, o desconto obtido no processo licitatório foi de cerca de 12%, com valor final de R$ 22.220.822,28.

O arquiteto da UFSC, Evandro Machado Fernandes, informa que o projeto arquitetônico e os complementares – proteção contra incêndio, paisagismo, impermeabilização, hidrossanitário, elétrico e de cabeamento, drenagem – foram feitos pelo do Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) da Universidade. “Apenas o projeto estrutural foi contratado por licitação, para atender os prazos”, explica.

A coordenadora de fiscalização de obras da UFSC, Ligia Pauline Mesquita, ressalta que as atividades dependem das condições climáticas. “Em Curitibanos, são comuns os temporais no final da tarde. Às vezes, cai uma chuva e a máquina fica uns três dias parada, até o solo firmar de novo. A equipe já começou a parte de terraplanagem, de movimentação de terra. Na sequência, vem a parte da escavação para iniciar a fundação. É uma obra longa, extensa, mas o cronograma está bem dimensionado”, avalia.

O Bloco 2 será o terceiro prédio do campus e o segundo localizado na sede, e vem no rastro de outras obras. “O primeiro prédio foi feito em duas etapas; é um bloco de salas de aula, laboratórios e salas de professores já pronto. Depois, foi a obra do anel viário, a subestação e, na sequência, o galpão de produção vegetal, que está sendo concluído e está localizado na Fazenda Experimental”, explica Bossle. As obras citadas foram concluídas em 2010, juntamente com a finalização das infraestruturas elétrica e de telecomunicações do campus.
(more…)

Tags: campusCBS-02CedupcercamentoCuritibanosDFODPAEobrasRDCreformaReuniUFSC