UFSC recebe embaixador da Tailândia

21/03/2016 12:52
Administração Central da UFSC recebe comitiva da Tailândia e realiza reunião de prospecção para áreas de cooperação científica. Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC

Administração Central da UFSC recebe comitiva da Tailândia. Foto: Pipo Quint/Agecom/UFSC

A vice-reitora Lúcia Helena Martins Pacheco recebeu uma visita de cortesia do embaixador da Tailândia no Brasil, Pitchayaphant Charnbhumidol, e de sua comitiva na manhã desta segunda-feira, 21, em Florianópolis. A autoridade retornará à Tailândia no final do mês e deve apresentar as áreas de expertise da UFSC a universidades do país. Entre elas, Engenharias Mecânica, Aeroespacial, Civil, Elétrica, Química e Têxtil, Nanotecnologia, Energia, Petróleo e Gás e Agricultura Familiar.

De acordo com o secretário de relações internacionais da UFSC, Aguinaldo Roberto Pinto, há a possibilidade de haver uma cooperação que envolva mobilidade de estudantes, professores e técnicos, com desenvolvimento de projetos de pesquisa em conjunto. A reunião de prospecção para áreas de cooperação científica e intercâmbio acadêmico-cultural contou com a presença do pró-reitor de pesquisa, Jamil Assreuy Filho, e do primeiro-secretário da Embaixada, Kosin Phonmang. Em sua primeira visita oficial a Santa Catarina, o embaixador Pitchayaphant participará também de audiências com representantes de instituições governamentais e da sociedade civil organizada.

 

Tags: comitivacooperaçãoPropesqsintertailandiaUFSC

Construtora retoma obras do Instituto de Engenharias de Superfície

15/03/2016 11:55

A segunda etapa da obra do Instituto de Engenharias de Superfície, que estava paralisada desde janeiro de 2013, recomeçou no dia 29 de fevereiro e está em andamento. O canteiro © Pipo Quint / Agecom / UFSCde obras está sendo preparado para descarga de material e para garantir a segurança dos trabalhadores e da comunidade universitária. Os trabalhos serão realizados pela construtora Salver, a mesma que executou a primeira parte da obra. A empresa foi a vencedora da licitação aberta pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que é a responsável pelo gerenciamento dos recursos liberados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A obra está orçada em cerca de R$ 2,9 milhões e tem prazo de conclusão de 300 dias, com conclusão prevista para dezembro de 2016. O término do convênio com a Finep acontece em fevereiro de 2017.

“Esta boa notícia é resultado do trabalho muito intenso de nossa equipe que conseguiu resolver todas as pendências, encontrando soluções que viabilizaram o reinício da obra”, comemora a reitora Roselane Neckel. Quando o prédio estiver pronto, mais de 150 pesquisadores trabalharão no local e haverá espaços para atividades de interação e transferência de tecnologia para o setor produtivo. O custo total da edificação será de R$ 5.859.147,09.
(more…)

Tags: CT-InfraFAPEUFINEPInstituto de Engenharias de SuperfícieobrasPropesqUFSC

Pró-Reitoria de Pesquisa disponibiliza para testes novo formulário de registro de projetos de pesquisa

22/01/2016 12:55

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), a Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e a Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) trabalham na elaboração do Sistema Integrado de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa e de Extensão (SIGPEX), que substituirá o Notes a partir de março. O novo Formulário de Registro de Projetos de Pesquisa está disponível para testes até o dia 12 de fevereiro.

“O segmento relativo à pesquisa está pronto, e optamos por disponibilizar o sistema para consulta a fim de coletar sugestões e detectar problemas. Esta é a versão 1.0 do SIGPEX, e melhorias serão progressivamente implantadas, de acordo com as necessidades dos usuários. Por isso, a colaboração neste momento é importante”, afirma o pró-reitor de Pesquisa, Jamil Assreuy Filho. Opiniões sobre a facilidade de inserção dos dados, a funcionalidade, e o nível de autoexplicação dos campos, por exemplo, serão analisadas pela equipe. O usuário deve utilizar o idUFSC para acessar o sistema.

Os dados inseridos não terão validade e serão apagados ao final da fase de testes. Após o preenchimento e envio para aprovação, será feita a análise do fluxo interno do projeto. De acordo com Assreuy, a proposta é de que o SIGPEX se torne uma ferramenta de gestão para todas as instâncias da Universidade. A previsão é de que os novos projetos sejam cadastrados pelo SIGPEX a partir do dia 7 de março – o Notes ficará disponível apenas para consulta e alterações dos projetos cadastrados anteriormente. Em 2015, foram cadastrados 1.192 projetos de pesquisa, e, no mesmo ano, a UFSC contabilizou 3.572 projetos vigentes.

A orientação é de que o usuário indique aba e tópico correspondentes ao apresentar uma dúvida ou sugestão, com a possibilidade de fazer captura de tela para ilustrar. As sugestões devem ser encaminhadas ao e-mail . Casos de dificuldade para acesso ao sistema devem ser relatados pelo mesmo endereço eletrônico.

Mais informações aqui.

Bruna Bertoldi Gonçalves / Jornalista / DGC / UFSC

Tags: idUFSCnovo formulárioPesquisaprojetosPropesqseTICSIGPEXtestesUFSC

Consulta pública para minutas de Programas de Pesquisa segue até 21 de outubro

25/09/2015 09:45

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) iniciou a consulta pública às minutas de Resolução do Programa de Apoio às Atividades de Pesquisa (PAAP) e do Programa Institucional de Desenvolvimento das Atividades de Pesquisa (PRODAP). As contribuições devem ser encaminhadas pelo site http://consultapublica.ufsc.br/propostas-propesq-minutas-de-resolucao-paap-e-prodap/ entre os dias 21 de setembro e 21 de outubro de 2015. As sugestões serão discutidas na Câmara de Pesquisa e, posteriormente, encaminhadas para apreciação pelo Conselho Universitário.

O PAAD e o PRODAP são Programas para aplicação dos recursos provenientes, respectivamente, do recolhimento de taxas e do valor de ressarcimento institucional pelo uso da infraestrutura da Universidade em projetos de pesquisa, previstas pela nova Resolução de Pesquisa nº 047/CUn/2014, aprovada por unanimidade pelo Conselho Universitário em dezembro do ano passado. Desde 1994, a legislação prevê a compensação às universidades em casos de projetos desenvolvidos por fundações pelo uso da estrutura tangível e intangível das instituições.

A Resolução de Pesquisa regulamenta a contratação e execução de projetos de pesquisa na UFSC. A possibilidade de técnicos-administrativos em Educação (TAEs) coordenarem projetos de pesquisa, a criação dos dois Programas e a definição de diferentes tipos de projeto também estão descritos na normativa – discutida na Câmara de Pesquisa da Universidade, pela comunidade de pesquisadores e pelo CUn.

“Embora a Resolução traga diretivas gerais para o uso destes recursos, a minuta do PAAP serve para definir mais claramente onde os recursos serão utilizados. De novidade, também, cria-se um Comitê Gestor deste recurso e a necessidade de análise pela Câmara de Pesquisa do Relatório Anual, com garantia de transparência na aplicação dos recursos”, explica o pró-reitor de Pesquisa, Jamil Assreuy.

Os recursos para criação do PRODAP virão dos valores arrecadados pelo uso das instalações, infraestrutura e pessoal da UFSC pelos projetos de pesquisa. “Eles devem ser mais vultosos do que os do PAAP e, portanto, sua destinação será para obras e aquisições relacionadas à atividade de pesquisa e que tenham maior custo”, conclui Assreuy.

 

Bruna Bertoldi Gonçalves

Jornalista / Diretoria-Geral de Comunicação / UFSC

imprensa.gr@contato.ufsc.br

Tags: consulta públicaminutasPesquisaPRODAPprogramasPropesqresoluçãoTAEsUFSC